Projetos de Pesquisa

LINHA: BIOLOGIA COMPARADA E INDICADORES DE QUALIDADE NO AMBIENTE Aquático

Programa de monitoramento e conservação da ictiofauna na área de influência da PCH Ibirama - Prof. Dr. Éder André Gubiani

Esse projeto visa avaliar a composição específica (levantamento ictiofaunístico) e a estrutura da assembléia de peixes na área de influência da futura PCH Ibirama, propiciando informações relevantes para a manutenção da biodiversidade e subsídios para futuras ações de manejo e comparações com o período de pós-enchimento do reservatório.
 
 
Macroinvertebrados bentônicos e assembleia de peixes como ferramentas para avaliar impactos em riachos urbanos - Prof. Dr. Éder André Gubiani
O principal objetivo deste trabalho será diagnosticar a situação da fauna de peixes e de macroinvertebrados bentônicos em riachos urbanos, visando à obtenção de um instrumento de avaliação de qualidade ambiental em ecossistemas impactados. Pretende-se adaptar um índice de monitoramento de qualidade da água (Índice de Integridade Biótica – IIB) como parâmetro avaliador e examinar suas tendências espaciais e temporais.

 

Suplementação de vitamina B12 em dietas para o jundiá Rhamdia voulezi - Profª Drª Maristela Cavicchioli Makrakis
O presente trabalho, por meio de três estudos, tem como objetivo avaliar se a suplementação de vitamina B12 na dieta de larvas e alevinos de jundiá, Rhamdia voulezi, tem ação positiva nas respostas de desempenho produtivo, sobrevivência, saúde e na composição bromatológica dos peixes..
 
Avaliação de áreas de reprodução e desenvolvimento inicial de peixes e recrutamento de juvenis em tributários dos reservatórios de Porto Primavera, Jupiá e Ilha Solteira, rio Paraná - Profª Drª Maristela Cavicchioli Makrakis
A presente proposta propõe avaliar a importância dos tributários dos reservatórios de Porto Primavera, Jupiá e Ilha Solteira, localizados no trecho superior do rio Paraná, como habitats de reprodução, desenvolvimento inicial e crescimento de espécies peixes, com ênfase as migradoras. 
 
Avaliação do Canal da Piracema como sistema de transposição de peixes - Profª Drª Maristela Cavicchioli Makrakis
Uma das medidas de manejo para minimizar os impactos causados direta ou indiretamente pelos represamentos, sobre as espécies de peixes migradores, é a construção de sistemas de transposição. A Itaipu Binacional construiu um sistema de transposição, sendo titulado como Canal da Piracema, aproveitando o rio Bela Vista, para permitir a subida de peixes para o último trecho livre de represamentos do rio Paraná em território Brasileiro, bem como a descida dos peixes para a jusante que também estava desprovida. O Canal da Piracema tem potencial para viabilizar o fluxo de peixes do trecho médio para o alto rio Paraná, de tal forma que as espécies migradoras poderão transpor a barragem, alcançando as áreas de desova e criadouros naturais existentes a montante, na planície de inundação, contribuindo assim para a manutenção da biodiversidade, melhorando a diversidade genética dos estoques que habitam o último trecho livre de represamento. Esta pesquisa avalia o Canal da Piracema como sistema de transposição de peixes, analisando a atratividade do sistema, biodiversidade, seletividade do canal, e performance natatória das espécies migradoras. Para as capturas de peixes, foram realizadas coletas mensais utilizando redes de espera, tarrafas, espinhel, caniço, arrastos e pesca elétrica.
 
Biodiversidade em ambientes aquáticos e suas implicações no manejo e conservação dos recursos naturais, Parque Nacional do Iguaçu - Profª Drª Norma Catarina Bueno
O projeto visa promover o fortalecimento do conhecimento científico e o desenvolvimento de inovações tecnológicas através do entendimento da biodiversidade florística das comunidades bioindicadoras (comunidade fitoplanctônica, perifítica e de macrófitas aquáticas) em três estações de amostragem, Parque Nacional do Iguaçu (PNI).
 
Flora Neotropica das Characeae - Profª Drª Norma Catarina Bueno
A família de macroalgas Characeae é encontrada em ambientes de água doce e salobra. Este trabalho é o levantamento florístico da família Characeae na região tropical das Américas. Foram analisadas 375 coleções depositadas em herbários do Brasil, outros países da América do Sul e Central. Até o momento foram identificadas, descritas e ilustradas 60 espécies: Chara vulgaris var. vulgaris f. vulgaris foi registrada para Brasil, Peru e México; C. zeylanica var. sejunta para Argentina, Brasil e México. As espécies C. martianaC. rusbyanaN. clavata e N. golmeriana para Argentina e Brasil. C. indica para o Brasil e Peru. C. kenoyeri para Brasil e Panamá. C. canescens é restrita ao México. Para o Brasil Nitellasubglomerata foi registrada para 11 estados. C. fibrosa var. hydropitys para 9 estados. N furcata subsp. mucronata var.mucronata f. oligospira foi registrada para 8 estados. N. acuminata para 7 estados. N. furcata subsp. furcata var. sieberif. sieberi para 6 estados. C. hornemanii até o momento é restrita para os Estados do Pernambuco e Rio de Janeiro.
 
Relações entre estoque parental e recrutamento biológico no reservatório de Itaipu - Prof. Dr. Pitágoras Augusto Piana
Na pesca, o termo estoque-recrutamento é utilizado para descrever a relação entre a população parental e a nova geração. Dois tipos de recrutamento são diferenciados: i) o biológico: que se refere a prole produzida num ano, pelos indivíduos adultos de uma determinada população; e ii) o pesqueiro: que é a quantidade de jovens que em determinado momento passa a ser vulnerável aos aparelhos de pesca, agregando-se ao estoque alvo das capturas. O estudo das relações entre população parental e recrutamento biológico é fundamental para o gerenciamento da pesca, pois fornece informações sobre os fatores limitantes à reprodução e sobrevivência das fases iniciais das espécies. No entanto, tais relações são de difícil quantificação e ainda pouco consideradas em estudos pesqueiros, principalmente os de águas continentais. Os processos envolvidos no recrutamento são complexos, resultantes de fatores que atuam durante todo ciclo de vida, podendo estes apresentar maiores ou menores dependências da densidade do estoque parental. Reduções dos estoques adultos podem ser conseqüências da falha no recrutamento, assim como a redução desse estoque, pode levar a redução da reprodução, da produção de ovos e larvas de peixes, e conseqüentemente do recrutamento, o que levará a uma baixa captura na pesca, tornando assim um círculo vicioso. Estudos de ovos e larvas de peixes no rio Paraná já possuem uma série considerável de informações sobre processos reprodutivos, bem como os estudos realizados no reservatório de Itaipu sobre os estoques pesqueiros. No entanto, o cruzamento dessas informações visando entender as inter-relações existentes entre estoque parental e o recrutamento biológico ainda é escasso, senão inexistente na América do sul. Deste modo, o entendimento dos processos ambientais ocorrentes no corpo do reservatório, braços e tributários, em relação aos eventos reprodutivos (ovos, larvas e juvenis de peixes) e seus estoques parentais, torna-se ferramenta de extrema importância no...
 

Avaliação de áreas de reprodução e desenvolvimento inicial de peixes em habitats possivelmente fragmentados pelas tubulações construídas nas rodovias vicinais asfaltadas, região do município de Toledo-PR - Prof. Dr. Sérgio Makrakis

A presente proposta propõe identificar áreas de reprodução e desenvolvimento inicial de peixes em riachos, possivelmente fragmentados pelas tubulações construídas em estradas vicinais asfaltadas, existentes na região em torno da cidade de Toledo PR, visando obter informações sobre possíveis impactos causados por essas estruturas.
 
Avaliação da Ictiofauna e habitats de reprodução na área do Parque Nacional do Iguaçu e entorno, Baixo rio Iguaçu - Prof. Dr. Sérgio Makrakis
O objetivo principal é realizar um amplo levantamento da ictiofauna do Baixo Rio Iguaçu, com ênfase a tributários situados no Parque Nacional do Iguaçu e entorno, avaliando as áreas de desova das espécies de peixes, para subsidiar os planos de manejo e conservação das espécies.. 
 
Estudo das tubulações em rodovias vicinais asfaltadas como passagens adequadas para peixes neotropicais - Prof. Dr. Sérgio Makrakis
As populações, rigorosamente, dependem das características do habitat em que vivem, onde nele realizam todas suas funções biológicas e a manutenção da livre passagem, através dos obstáculos construídos nas bacias hidrográficas, devem ser mantidas ou minimizadas o quanto possível. As tubulações, em estradas para o trafico de veículos são construídas com o simples propósito de manter a passagem de água através de aterros rodoviários, podem ser de feitas de diversos materiais, de varias formas e tamanhos. Desde que instaladas, essas tubulações já podem causar impactos ambientais, sendo muitas vezes obstáculos que impossibilitam a movimentação, e a conseqüente fragmentação dos habitats. A presente proposta propõe mapear, detalhar e identificar tubulações construídas em estradas vicinais asfaltadas, existentes na região em torno da cidade de Toledo PR. Serão avaliados a efetividade e eficiência dessas tubulações, com ênfase para aquelas espécies que necessitam realizar movimentos, utilizando-se o sistema RFID e marcas do tipo PIT-tag para monitoramento da movimentação..
 
Avaliação do Canal da Piracema como sistema de transposição de peixes - Prof. Dr. Sérgio Makrakis
Esta pesquisa avalia o Canal da Piracema como sistema de transposição de peixes, analisando a atratividade do sistema, biodiversidade, seletividade do canal, ocorrência de desova ao longo do Canal e performance natatória das espécies migradoras..
 
 
Monitoramento dos sistemas de transposição de peixes na Usina Engenheiro Sérgio Motta-CESP-Primavera/SP - Prof. Dr. Sérgio Makrakis
O objetivo do projeto é entender o funcionamento do Elevador e da Escada para peixes da UHE Engenheiro Sérgio Motta-CESP (Primavera-SP), associado ao comportamento das espécies e eficiência na transposição de peixes do rio Paraná, utilizando o sistema RFID e marcas do tipo PIT-tag para o monitoramento da movimentação..
 
Em Indicadores Agronômicos E Ambientais Da Água, Solo, Planta E Atmosfera - Prof. Dr. Sílvio César Sampaio
A qualidade ambiental na área de recursos hídricos e saneamento ambiental geralmente é avaliada mediante indicadores físicos, químicos e biológicos. Dentre esses indicadores os físicos e químicos possuem metodologias mais consagradas e precisas, quando comparado aos biológicos, sendo também menos onerosas nas questões financeiras e de tempo gasto nas análises. Entretanto, quando se busca resultados científicos mais consistentes esses indicadores ambientais não podem estar dissociados. Nesse contexto, a proposta desse projeto institucional vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais é desenvolver e aplicar técnicas associadas a biologia sempre objetivando-se a interação com outros indicadores agronômicos e ambientais nos temas de qualidade de água e solo, associadas às práticas agrícolas na região oeste do Paraná.

 

Citogenética Básica e Molecular em Espécies de Peixes do rio Piquiri com Ênfase à Ictiofauna Endêmica - Prof. Dr. Vladimir Pavan Margarido
A citogenética envolve dois tipos principais de análises: nível básico, envolvendo a identificação de número e morfologia cromossômicos, descrição e localização de marcadores cromossômicos, e nível refinado de análise, envolvendo citogenética molecular. Alguns dos diversos aspectos abordados na análise básica dos dados tem sido (1) a caracterização cariotípica e identificação de novas espécies, (2) a distinção de espécies crípticas, o que contribui para verificação de uma maior biodiversidade, (3) busca de marcadores populacionais, proposição de (4) relações filogenéticas entre espécies e de (5) mecanismos evolutivos envolvidos durante o processo de especiação. O rio Piquiri possui características peculiares na sua geomorfologia percorrendo trechos em revelo bastante íngreme, (rico em corredeiras, saltos, remansos e estreitos) apresenta também trechos com mata ciliar nativa; refletindo diretamente na composição e abundancia de sua ictiofauna. Recentemente foram descobertas espécies endêmicas, sendo que uma delas foi estudada pela citogenética (trabalho no prelo) e apresentou um sistema de cromossomos sexuais simples ZZ/ZW inédito para o gênero Apareiodon, estes dados corroboraram para o reconhecimento e identificação de uma nova espécie, resultando na descrição de Apareiodon vladii por Pavanelli (2006). Estes resultados, embora preliminares, preconizam a necessidade urgente de implementar estudos citotaxonômicos na ictiofauna do rio Piquiri, uma vez que esta já demonstra um grau de diferenciação da ictiofauna da bacia do rio Paraná, na qual o rio Piquiri está inserido. O presente trabalho tem por objetivo caracterizar através do cariótipo de espécies de peixes coletadas no rio Piquiri, comparando-se com os dados existentes na literatura, abordando os aspectos acima citados (1-5), utilizando o nível básico de análise e, quando necessário, o nível refinado de análise, através da hibridização in situ fluorescente com sondas de rDNA 18S e 5S (FISH rDNA). Depois de ob.
 
Caracterização da diversidade genética de peixes coletados à jusante, na escada para peixes e à montante da usina Engenheiro Sérgio Motta-CESP (Primavera-SP) - Prof. Dr. Vladimir Pavan Margarido
 
O projeto objetiva caracterizar geneticamente populações de diferentes espécies de peixes na região da UHE Engenheiro Sérgio Motta, buscando verificar a existência de fluxo genético entre jusante e montante, bem como o tamanho efetivo das populações, que são informações fundamentais para a manutenção efetiva das populações naturais.
 

 

 
LINHA: Biologia aplicada e Indicadores de Qualidade no Ambiente Terrestre
 
 
Fisiologia da germinação de sementes de espécies nativas - Profª Drª Andréa Maria Teixeira Fortes
Estudo da fisiologia da germinação de espécies nativas utilizadas na recomposição de áreas degradadas.
 
Ecologia química: relações planta-planta no manejo de recursos naturais Profª Drª Andréa Maria Teixeira Fortes
Utilização da alelopatia no manejo de recursos naturais visando a implantação de espécies em ambientes naturais, bem como para o controle de espécies exóticas e invasoras.
 
 
Emprego da Alelopatia de Cinamomo na Agricultura Orgânica - Profª Drª Andréa Maria Teixeira Fortes
A agricultura orgânica tem ocupado grande importância dentro da agricultura familiar que vem se alastrando por todo o país. O uso de compostos produzidos por espécies vegetais no controle de espécies invasoras para a redução do uso de herbicidas sintéticos tem se tornado uma realidade e assumido um papel de destaque neste tipo de agricultura. Assim o objetivo deste trabalho será verificar, através de experimentos em laboratório, o efeito alelopático de extrato de folhas frescas de Cinamomo sobre alface, uma espécie sensível a aleloquímicos sendo utilizada como um bioindicador, o soja, leguminosa cultivada na agricultura familiar e o milho, uma espécie utilizada na rotação de cultura com a soja e o picão-preto, uma das principais invasoras do cultivo de soja.
 
 
Avaliação de produtos fitossanitários alternativos sobre parâmetros biológicos de diferentes microrganismos e seu efeito no controle de alphitobius diaperinus - Profª Drª Fabiana Gisele da Silva Pinto
Na agricultura convencional são utilizados vários produtos químicos e sintéticos, visando aumento do rendimento do plantio. No entanto, seu o uso em larga escala tem levado à resistência genética dos insetos a muitos deles, ao desequilíbrio biológico, além de trazer danos à saúde dos produtores e consumidores, devido a alta toxicidade apresentada por estes produtos. Por outro lado, a busca de métodos seguros e saudáveis de produção agrícola/agropecuária e por tecnologias que garantam a sustentabilidade do processo, leva ao desenvolvimento de pesquisas por produtos fitossanitários alternativos, baseados em princípios ativos vegetais, plantas e minerais no controle de pragas e doenças. Neste sentido, métodos alternativos de controle são igualmente necessários, sendo possível adaptar o uso de extratos vegetais de ação microbiocida ou microbiostática aplicados nos galpões. Assim, propõe-se este projeto com o objetivo de avaliar os efeitos de produtos fitossanitários alternativos sobre parâmetros biológicos de inimigos naturais (parasitóides, fungos, bactérias e vírus entomopatogênicos), testar a eficiência de produtos alternativos como agentes de controle de doenças do bicho-da-seda e avaliar a atividade de extratos vegetais isoladamente e em conjunto com fungos entomopatogênicos para cascudinho em laboratório. Produtos de origem vegetal, comerciais ou não, serão testados em meios de cultura específicos para Beauveria bassiana, Metarhizium anisopliae, Bacillus thuringiensis, Salmonella spp. e em lagartas em mistura com o vírus de poliedrose nuclear da lagarta da soja, visando avaliar diferentes parâmetros biológicos dos mesmos.
 
 
Monitoramento da qualidade de agua, isolamento e caracterização de cepas de Escherichia coli isoladas no Lago Municipal de Cascavel, Paraná - Profª Drª Fabiana Gisele da Silva Pinto
O Parque Ecológico Paulo Gorski formado por 125 hectares de mata e pelo Lago Paulo Gorski,(Lago Municiplal de Cascavel) com 38 hectares, juntamente com o Parque Municipal (Zoológico), Horto Florestal e o Parque Ambiental constituem áreas de preservação ambiental do município de Cascavel. Até o momento são raros os estudos de monitoramento destes ambientes, seja da comunidade microbiana, fitoplanctônica ou das variáveis ambientais. A recuperação e o uso adequado destes ecossistemas dependem de um conhecimento básico e aprofundado dos principais fatores que atuam na sua estrutura e funcionamento. O presente projeto visa monitorar a qualidade da água do lago Municipal de Cascavel por um período de 2 anos, com coletas mensais através de análises microbiológicas, físico-químicas, fitoplancton e perifiton, onde será possível avaliar a qualidade d água desta biota, identificando as prováveis fontes responsáveis pela contaminação e com isso propor medidas de redução do impacto causado pelo homem nestes ambientes. Neste contexto, será realizado o isolamento e de cepas de E. coli com o objetivo de avaliar o crescimento destas em resposta a diferentes antimicrobianos e a caracterização genética destas cepas através da identificação de diferentes perfis moleculares. Poucos são os trabalhos realizados no Brasil com o objetivo de identificar a origem das bactérias no ambiente, e através da utilização das ferramentas da biologia molecular somada com as tecnologias tradicionais, pode-se criar novas ferramentas para trabalhar a favor da saúde do meio ambiente.
 
 
Análise anatômica de estruturas reprodutivas de Anthurium (Araceae) - Profª Drª Lívia Godinho Temponi
Anthurium é o maior gênero de Araceae com cerca de 1100 espécies, das quais aproximadamente 130 ocorrem no Brasil. Os estudos de caracteres anatômicos sempre auxiliaram na compreensão da família, porém as estruturas reprodutivas de Anthurium foram investigadas apenas através de observações externas e nada se conhece da anatomia das flores deste gênero. Neste trabalho, serão confeccionadas lâminas permanentes de espécimes coletados no Paraná e leste brasileiro, com a finalidade de analisar as estruturas reprodutivas como tricomas, placentação e tipos de óvulos de espécies de Anthurium, levantar novos caracteres potenciais para a sistemática do gênero e contribuir para futuros estudos cladísticos no grupo.
 
 
Leguminosas no Parque Ecológico Paulo Gorski, Cascavel-PR - Profª Drª Lívia Godinho Temponi
A família Leguminosae é a terceira maior família de Angioespermae, compreendendo cerca de 20.000 espécies, distribuídas em quase todas as formações vegetacionais. O presente trabalho consiste do levantamento florístico das leguminosas do Parque Ecológico Paulo Gorski, Cascavel PR. As coletas foram realizadas mensalmente, no período de outubro de 2007 a setembro de 2008, ao longo de trilhas pré-existentes na área de estudo. As amostras foram preparadas segundo técnicas usuais de herborização e identificadas, através de literatura especializada, visita a herbários e auxílio de especialistas. Foram encontradas 28 espécies de Leguminosae, reunidas em 23 gêneros, sendo Senna Mill., o gênero mais representativo, com três espécies, seguido de Acacia Mill., Caesalpinia L. e Desmodium Desv., com duas espécies cada um. São apresentadas chave de identificação, diagnoses, ilustrações, comentários de distribuição geográfica e fenologia das espécies encontradas no Parque Ecológico Paulo Gorski. Dentre as 28 espécies encontradas na área de estudo, mais de 70% são espécies nativas para a região, cerca de 15% são exóticas para a região oeste do Paraná ou mesmo para o Estado e cerca de 15% não têm ocorrência natural no Brasil..
 
 
 
Riqueza e conservação de espécies vegetais do Parque Nacional do Iguaçu, maior remanescentes de Mata Atlântica de Interior do Sul do Brasil - Drª Lívia Godinho Temponi
Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná - Auxílio financeiro

Estratégias alternativas para o controle da broca (Hedypathes betulinus) (Coleoptera, Cerambycidae) e da ampola da erva-mate (Gyropsylla spegazziniana) (Hemiptera, Psilidae) - Prof. Dr. Luis Francisco Angeli Alves
Dentre as pragas que atacam a erva-matedestacam-se a broca (Hedypathes betulinus) (Coleoptera, Cerambycidae) e ampola (Gyropsylla spegazziniana) (Hempitera, Psilidae). O controle de ambas é dificultado pelo hábito críptico na fase imatura, e pela ausência de produtos fitossanitários registrados para a cultura da erva-mate. No caso da broca, recomenda-se a poda dos ramos atacados e coleta de insetos, sendo trabalhosos e de relativo sucesso, havendo perspectiva de uso do fungo Beauveria bassiana. Para a ampola não há estudos que comprovem a ação de estratégias de controle. Assim, o projeto visa selecionar em laboratório isolados de B. bassiana e Metarhizium anisopliae, e espécies e isolados de nematóides Steinernematidae e Heterorhabditidae, com base na atividade inseticida, produção (fungos: crescimento vegetativo e produção de conídios em meio de cultura e em cadáveres nematóides: produção em hospedeiro alternativo e adultos da broca da erva-mate) e comportamento em campo. Também será avaliada em laboratório e em campo, a atividade inseticida de extratos vegetais contra a ampola. A equipe envolvida no projeto é a única no Brasil a se dedicar ao tema proposto, com experiência na área e infra-estrutura mínima, sendo multidisciplinar e interinstitucional, envolvendo Universidades, órgãos de pesquisa e empresa privada. Conta-se com alunos de Pós-Graduação (Mestrado) e de graduação bolsistas PIBIC, além de um graduado bolsista de Apoio Técnico/CNPq. O projeto está inserido no contexto regional de abrangência da Unioeste, bem como no Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Instituição, que se encontra em franca consolidação. Assim, esta proposta muito contribuirá na geração do conhecimento científico, formação de recursos humanos, consolidação de grupos de pesquisa e do Programa de Pós-Graduação e, principalmente, contribuir para a cadeia produtiva da erva-mate, não somente no Brasil, como nos demais países produtores, possibilitando a produção de matéria-prima de qualidade. Financiador: Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvim. Científico e Tecnol. do Paraná - Auxílio financeiro
 
 
Avaliação de estratégias de controle do cascudinho (Alphitobius diaperinus) (Coleoptera, Tenebrionidae) - Prof. Dr. Luis Francisco Angeli Alves
Alphitobius diaperinus, conhecido popularmente conhecido por cascudinho é um dos principais problemas das criações comerciais de aves, pois são transmissores de vírus, bactérias e parasitos intestinais, além de causar danos diretos ao trato digestivo das aves, quando ingerido. Vive em meio à cama e no interior de galerias no solo e nas estruturas de madeira e concreto dos aviários e, assim, seu controle é dificultado, principalmente se for realizado apenas com base na aplicação de produtos químicos, que podem contaminar as aves, o homem e o ambiente, exigindo assim cuidados no manuseio. O manejo integrado, envolvendo estratégias como controle biológico, pode se constituir em uma alternativa para o problema, pois visa-se a utilização de métodos seguros para o homem, as aves e o meio ambiente. Diante dos poucos estudos realizados no Brasil, e principalmente na região Oeste do estado do Paraná, propõe-se este projeto, que será realizado por uma equipe de pesquisadores da Unioeste (Campus de Cascavel e Marechal Cândido Rondon), em colaboração com pesquisadores da UEL, Esalq/USP e Instituto Biológico de São Paulo, visando 1) avaliar a patogenicidade de isolados brasileiros de fungos entomopatogênicos para cascudinho em condições de laboratório; 2) avaliar a eficiência de estratégias de controle (envolvendo controle biológico isoladamente e em associação com produtos químicos de ação específica e extratos vegetais; 3) avaliar a eficiência de métodos de aplicação em condições de laboratório e campo. Recursos aprovados: R$ 32.000,00 (investimentos, manutenção, material de consumo, bolsa de estudo); bolsa de produtividade e de iniciação científica/CNPq. Financiador(es): CNPq - Bolsa / Diplomata Industrial e Comercial Ltda - Auxílio financeiro / Diplomata Industrial e Comercial Ltda - Cooperação / Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvim. Científico e Tecnol. do Paraná - Auxílio financeiro
 
 
Efeito de produtos fitossanitários sobre entomopatógenos - Prof. Dr. Luis Francisco Angeli Alves
Na agricultura convencional são utilizados vários produtos químicos e sintéticos, visando aumento do rendimento do plantio. No entanto, seu o uso em larga escala tem levado à resistência genética dos insetos a muitos deles, ao desequilíbrio biológico, além de trazer danos à saúde dos produtores e consumidores, devido a alta toxicidade apresentada por estes produtos. Por outro lado, a busca de métodos seguros e saudáveis de produção agrícola/agropecuária e por tecnologias que garantam a sustentabilidade do processo, leva ao desenvolvimento de pesquisas por produtos fitossanitários alternativos, baseados em princípios ativos vegetais, plantas e minerais no controle de pragas e doenças. Neste sentido, métodos alternativos de controle são igualmente necessários, sendo possível adaptar o uso de extratos vegetais de ação microbiocida ou microbiostática aplicados nos galpões. Assim, propõe-se este projeto com o objetivo de avaliar os efeitos de produtos fitossanitários alternativos sobre parâmetros biológicos de inimigos naturais (parasitóides, fungos, bactérias e vírus entomopatogênicos), testar a eficiência de produtos alternativos como agentes de controle de doenças do bicho-da-seda e avaliar a atividade de extratos vegetais isoladamente e em conjunto com fungos entomopatogênicos para cascudinho em laboratório. Produtos de origem vegetal, comerciais ou não, serão testados em meios de cultura específicos para Beauveria bassiana, Metarhizium anisopliae, Bacillus thuringiensis, Salmonella spp. e em lagartas em mistura com o vírus de poliedrose nuclear da lagarta da soja, visando avaliar diferentes parâmetros biológicos dos mesmos. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná - Auxílio financeiro
 
Produção de enzimas de interesse biotecnológico a partir de microorganismos utilizando resíduos agroindustriais – Profª Drª Marina Kimiko Kadowaki
A proposta tem como objetivo investigar o aproveitamento dos resíduos eliminados pelas indústrias de processamento de alimentos, bebidas, beneficiamento de cereais, resíduos da agricultura e domiciliares como fontes indutoras para produção de enzimas de interesse industrial por fungos e bactérias. Será realizada uma seleção de microrganismos com capacidade de utilizar os resíduos como indutor de enzimas em meios de cultivo, seguido de otimização da produção de enzimas em cultivos com o propósito de viabilizar sua produção em altos níveis e posterior purificação e caracterização bioquímica das enzimas. Este estudo contribuirá para a obtenção de diferentes tipos de enzimas, tais como xilanases, invertase, proteases, trealase, amilases, pectinases, assim como enzimas termoresistentes; buscar uma metodologia adequada para fermentação de substratos de difícil degradação com microrganismos, bem como aprimorar processos bioquímicos e microbiológicos de rotina laboratorial aliado ao conhecimento sobre a produção e características bioquímicas das enzimas produzidas por microrganismos.