Linhas de Pesquisa

Linhas de Pesquisa:


1- Cultura, Processos Educativos e Formação de Professores:

Ementa: A Linha de Pesquisa investiga as interrelações entre cultura e educação, formação de professores, processos educativos formais e não formais, em suas dimensões teórico-práticas, sócio-políticas e pedagógicas.


Caracterização: As diversidades culturais e sociais que permeiam os espaços educativos e evidenciam as particularidades dos sujeitos envolvidos – crianças, jovens, homens, mulheres, negros, indígenas, moradores do campo, da cidade, pobres etc. –, colocam-se como desafios à formação dos professores e, ao mesmo tempo, interpelam para a necessidade de pesquisas que levem em conta as particularidades desses sujeitos. Por diferentes articulações no âmbito do espaço social e da linguagem, os processos educativos, fazem a mediação entre o indivíduo e a cultura, contribuindo para a formação humana. As formas como se processam e se interpenetram os diferentes processos e políticas de formação de professores interferem diretamente nas propostas e práticas educativas que se desenvolvem nos espaços escolares ou não. Entendendo-se, pois, a educação como uma forma especial de o homem se apropriar da cultura, ao mesmo tempo em que a produz e a modifica, valoriza-se o estudo de diferentes formas culturais presentes no conhecimento, na pesquisa, no ensino e nas práticas educativas, e a elaboração de investigações que envolvam a análise e formulação de propostas e práticas no campo das políticas de formação de professores.
Entre os temas que integram a linha, destacam-se: memória e identidade; infância e juventude; movimentos sociais; ensino e aprendizagem de conteúdos escolares; linguagens; processos e políticas de formação inicial e continuada de professores da educação básica e superior.
 

 

2- Sociedade, Conhecimento e Educação:

Ementa: A Linha de Pesquisa promove investigações, estudos e debates sobre as relações entre Sociedade, Conhecimento e Educação, tendo como alicerce os fundamentos históricos, filosóficos, sociológicos, políticos e pedagógicos da educação.


Caracterização: A sociedade é o conjunto das relações sociais concretas que se constituem ao longo da história. Os elementos que compõem as relações sociais concretas e unem os indivíduos numa determinada sociedade podem ser de caráter cultural, político, econômico, linguístico, institucional e moral. A compreensão desse conjunto de relações permite perceber formas de organização e prática social nos diferentes tempos e espaços, possibilitados por fatores históricos, econômicos, culturais, políticos, geográficos ou educacionais. Por sua vez, o conhecimento caracteriza-se como expressão conceitual e valorativa da prática social. A pesquisa sobre o processo de conhecimento possibilita explicitar as diferentes formas encontradas pela sociedade para se desenvolver. Nessa relação, tanto a educação formal, como a não formal são construídas social e historicamente. A pesquisa sobre as relações sociais possibilita desvelar as contradições para pensar e desenvolver práticas educativas emancipatórias.