Eventos

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

 

O Programa de Pós-graduação/Mestrado em Engenharia Elétrica e Computação da UNIOESTE-Foz, convida a comunidade acadêmica para a sessão pública do seguinte trabalho de dissertação de mestrado:

 

Título da dissertação:Metodologia de análise de sistemas de proteção com controle distribuído através da ferramenta de modelagem e verificação formal estatística.

Aluno: Felipe Crestani dos Santos

Data e horário: 17 de novembro de 2017, às 14h00

Local: Parque Tecnológico Itaipu – Sala de Seminários (Bloco 5, Espaço 2, Sala 10).

 

Banca Examinadora:

- Dr. Guilherme de Oliveira Kunz (UNIOESTE - orientador);

- Dr. Romeu Reginato (UNIOESTE);

- Dr. César Rafael Claure Torrico (UTFPR).

 

Resumo:

A linha de pesquisa abordada pelo trabalho em questão aponta para o estudo e desenvolvimento de ferramentas que subsidiem a proposição e validação de Sistemas de Proteção de Sistemas de Energia Elétrica. Em geral, este processo é realizado mediante simulações computacionais envolvendo diversos cenários de operação e distúrbios, tendo como principal limitação a impossibilidade de representar todos os caminhos de evolução do sistema em análise. Ainda que sejam considerados um número significativo de simulações, não há garantias formais de que o sistema não apresentará comportamento indesejado em campo. Nesse contexto, propõe-se o emprego da técnica de Modelagem e Verificação Formal como ferramenta de suporte ao projeto, análise e implementação de estratégias de proteção baseados no paradigma de redes inteligentes, principalmente no sentido de comprovar se a estratégia atende os requisitos de segurança e comportamento determinístico temporal esperado. Em síntese, o método consiste na verificação de propriedades descritas em lógicas temporais, sob uma abstração apropriada (formalismo) do comportamento do sistema. Esta dissertação possui enfoque nestes dois requisitos: modelagem do sistema de proteção através de um formalismo adequado e tradução dos requisitos do comportamento desejado em propriedades descritas em lógica temporal. Com relação ao formalismo de apoio, a modelagem do sistema de proteção é baseada em uma abstração de Autômatos Temporizados Híbridos. Como ferramenta de validação, adota-se a técnica de Verificação Formal Estatística, através do software UPPAAL STRATEGO. Salienta-se que este trabalho se delimita apenas na modelagem e validação individual dos principais equipamentos de um sistema de proteção, através de uma abordagem sistemática envolvendo processos de simulações e verificações das propriedades sobre cada modelo em análise. Modelos auxiliares que implementam um comportamento estocástico também foram propostos para subsidiarem o processo de verificação. Através da metodologia de modelagem adotada, garante-se que os modelos desenvolvidos representam o comportamento esperado de seus respectivos dispositivos. Para isso, os resultados do processo de verificação foram comparados com requisitos comportamentais definidos por normas, testes de conformidade em equipamentos/protocolos e trabalhos acadêmicos vinculados à área. Com relação às contribuições do trabalho, identificou-se três linhas de pesquisa que podem fazer o uso dos modelos desenvolvidos: i) implementação de novas estratégias de proteção; ii) realização de testes de conformidade em equipamentos externos à rede de autômatos; e iii) indicação de erros de parametrização do sistema de proteção.