Laboratórios

Laboratório de Pesquisa Cultura e Identidades (LPCI)

Criado em 20016, com a implantação do Programa de Pós-Graduação em História, o Laboratório de Pesquisa Cultura e Identidades congrega docentes e discentes do PPGH e da Graduação em História, vinculados ao Grupo de Pesquisa “História, Cultura e Sociedade” (CNPq/Unioeste) e à Linha de Pesquisa Cultura e Identidades, vinculada do PPGH. O laboratório desenvolve projetos de pesquisa, ensino e extensão que compreendam estudos acerca da cultura entendida como lugar de construção de sentidos, em suas diversas formas de expressão, problematizando diferentes práticas e linguagens.  Propõe estudar processos de construção de subjetividades e identidades (de gênero, étnicas, nacionais, regionais, de classe, dentre outras), a produção de memórias, bem como a investigação da constituição de espaços e territórios, considerando experiências que definem e redefinem fronteiras e temporalidades.

Mais informações: http://www.unioeste.br/cursos/rondon/mestradohistoria/lpci/

Laboratório de Pesquisa Estado e Poder

Criado em 2006, com a implantação do Programa de Pós-Graduação em História, o Laboratório de Pesquisa Estado e Poder congrega docentes e discentes do PPGH e da Graduação em História, vinculados ao Grupo de Pesquisa “História e Poder” (CNPq/Unioeste) e à Linha de Pesquisa Estado e Poder, vinculada ao PPGH. As atividades e investigações do Laboratório de Pesquisa Estado e Poder têm por objeto de ensino e de pesquisa as práticas sociais relacionadas ao Estado e ao Poder. A abordagem que orienta os estudos dos integrantes da linha concebe o Estado em seu sentido amplo, abarcando aspectos diversos das relações estabelecidas entre os agentes sociais, e o poder enquanto exercício do domínio no interior da sociedade política, mas também no âmbito das mais variadas organizações e corporações da sociedade civil. O exercício do poder e a produção de hegemonia abrangem, portanto, esferas diversas, como a gestação e a afirmação, a crítica e a contraposição de projetos sociais, as elaborações intelectuais e as políticas partidárias, a organização dos diferentes grupos e classes sociais, a constituição de aparelhos privados de hegemonia, o gerenciamento e a disseminação de ideologias e projetos sociais.

Mais informações: http://www.historiaepoder.net/

Laboratório de Pesquisa Trabalho e Movimentos Sociais (LTMS):

Constituído em junho de 2006, com a implantação do Programa de Pós-Graduação em História, o Laboratório de Pesquisa Trabalho e Movimentos Sociais congrega docentes e discentes do PPGH e da Graduação em História, vinculados ao Grupo de Pesquisa História Social do Trabalho e da Cidade (CNPq/Unioeste). O LTMS tem como eixo temático, em sua atuação no ensino, na pesquisa e na extensão, as dinâmicas vividas pelos trabalhadores e as formas constituídas por eles de organização, vistos a partir de processos históricos que se referem às diversas práticas dos e entre os sujeitos coletivos e individuais, em suas diversas articulações com o social, na produção e transformação das relações de trabalho e das instituições.

Mais informações: http://www.unioeste.br/cursos/rondon/mestradohistoria/ltms/

Laboratório Multidisciplinar de Educação Continuada (LEC):

Criado em 2008, por meio de financiamento da SETI/Fundo Paraná, da Capes e da própria instituição, o LEC tem como objetivo apoiar a formação continuada de profissionais com atuação na área de História e dar suporte para a produção de materiais didáticos em formato audiovisual, voltados para atividades de ensino-aprendizagem nos três níveis (fundamental, médio e superior).  Contemplado pelo edital PROEXT-MEC/2013, o LEC desenvolveu o projeto “Trabalhadores em frigoríficos: medidas educativas e de intervenção no ambiente e nas relações de trabalho”, visando articular um conjunto de pesquisas de professores e alunos da graduação e da pós-graduação vinculados à Linha de Pesquisa “Trabalho e Movimentos Sociais”, que produziu um documentário - disponível no youtube: www.youtube.com/watch?v=gKdFL9XC4UY –e uma cartilha, além da realização de oficinas em escolas públicas.

 

Laboratório de Pesquisa e Estudos de Gênero (LAPEG):

Criado em fins de 2011, vinculado ao Grupo de Pesquisa “Cultura, Relações de Gênero e Memória”, o Laboratório tem como intuito desenvolver atividades interdisciplinares de pesquisa e de extensão concernentes às relações de gênero, cultura e memória. Após desenvolver o projeto de extensão “Violência de gênero e políticas públicas em Marechal Cândido Rondon”, em convênio com a Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon, atualmente o laboratório executa os seguintes projetos: “Mulheres, violência e políticas públicas afirmativas em Marechal Cândido Rondon”, financiado pela Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon; “Gênero: mulheres e políticas públicas no Oeste do Paraná”, contemplado pelo edital do Ministério da Educação/PROEXT; e o projeto “Promoção de Direitos: Prevenir e combater a violência contra mulheres”, com financiamento do Programa Universidade Sem Fronteiras (SETI).

Laboratório de Pesquisa Estudos em História Intelectual:

Iniciou suas atividades em agosto de 2015, congregando docentes e discentes do PPGH e da Graduação em História e em Educação Física (Bacharelado), vinculados ao Grupo de Pesquisa “História Intelectual e Historiografia” (CNPq/Unioeste).Partindo de uma perspectiva interdisciplinar, o laboratório visa fomentar estudos relacionados às problemáticas que caracterizam o campo da História Intelectual, tais como: a história das ideias políticas, a epistemologia da história, história e filosofia e história e literatura. A Linha de Pesquisa “Estudos em História Antiga e Medieval” também se encontra atrelada ao laboratório. Além disso, promove o projeto de extensão “CinEureka!: filmes, papo e pipoca”, ciclo de filmes e debates voltados à divulgação, para a comunidade acadêmica e em geral, dos resultados alcançados a partir dos estudos coletivamente desenvolvidos pelos pesquisadores que integram o laboratório.

Laboratório de Microfilmagem e Digitalização (LAMIDI):

Constituído em 2006, inicialmente com financiamento da FINEP e do MCT/Capes, o LAMIDI tem como finalidade microfilmar e digitalizar documentação histórica, administrativa, institucional e científica. O LAMIDI detém registro junto à Secretaria Nacional de Segurança para realizar microfilmagem e reprodução de documentos com reconhecimento legal, o que o habilitar a prestar serviços nessa área. Além de oferecer suporte aos projetos de pesquisa do PPGH que lidam com documentação histórica impressa, sua equipe, desde fins de 2012, executa o projeto intitulado "Digitalização do Acervo Documental do ANDES-Sindicato Nacional".