Observatório da Educação

Observatório da Educação: a universidade ligada à comunidade

Profa. Dra. Terezinha da Conceição Costa-Hübes

Além de promover e difundir o conhecimento científico, a universidade, como instituição pública, tem um compromisso com a sociedade. Tomando-se por base esse caráter extensivo que vincula a universidade à comunidade, o Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Letras – Nível de Mestrado e Doutorado – com área de concentração em Linguagem e Sociedade, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, campus de Cascavel/PR, formulou uma proposta de Pesquisa, cujo projeto intitula-se: “Formação continuada para professores da educação básica nos anos iniciais: ações voltadas para a alfabetização em municípios com baixo IDEB da região Oeste do Paraná”.

Com o apoio da CAPES/INEP e coordenado pela Professora Doutora Terezinha da Conceição Costa-Hübes,  o projeto atende a sete municípios do oeste paranaense, sendo eles: Ouro Verde d’Oeste, São José das Palmeiras, Diamante do Sul, Diamante d’Oeste, Ibema, Lindoeste e Braganey. Com duração de quatro anos (2011-2014) e atendendo as áreas de Língua Portuguesa e Matemática o Projeto  promoverá a capacitação de professores e a disseminação de conhecimentos sobre educação, além de fortalecer o diálogo entre a comunidade acadêmica, os gestores das políticas educacionais dos referidos municípios e os diversos atores envolvidos no processo educacional. 

Contando com uma equipe de 15 bolsistas mais 10 colabores voluntários, dentre os quais estão alunos da graduação, da pós-graduação e professores da Educação Básica, o projeto, desde 2011, realizou inúmeras atividades. Inicialmente, os integrantes do núcleo de pesquisa debruçaram-se em estudos relacionados à alfabetização, à leitura e à escrita. Também, formularam simulados da Prova Brasil (instrumento utilizado para avaliar alunos dos anos iniciais) e os aplicaram aos alunos dos 3º, 4º, 5º anos, bem como a alunos das 3ª, 4ª e 5ª séries dos anos iniciais. O quadro abaixo sintetiza o número de alunos envolvidos nesse processo:

Município

Nº de alunos 3º ano

Nº de alunos 5º ano/4ª série

Braganey

105

108

Diamante do Sul

86

48

Diamante D’Oeste

101

45

Ibema

111

94

Lindoeste

79

83

Ouro Verde do Oeste

54

85

São José das Palmeiras

97

12

Total

633

475

Após a análise dos simulados, os pesquisadores iniciaram o desenvolvimento de suas pesquisas. Além disso, durante todo o ano de 2011 e 2012, os professores dos municípios contemplados pelo projeto receberam cursos de formação continuada em Língua Portuguesa, totalizando a seguinte carga horária, conforme descrita no quadro seguinte:

Nome do Município

Carga Horária

de FC

2011

Carga Horária

de FC

2012

Número de professores (anos iniciais) envolvidos no projeto

Braganey

52

40

92

Diamante do Sul

40

40

80

Diamante D’Oeste

40

40

80

Ibema

40

40

80

Lindoeste

40

40

80

Ouro Verde do Oeste

40

40

80

São José das Palmeiras

40

40

80

Total

292

280

572

                Os resultados parciais das atividades dos 2 primeiro ano de trabalho já se encontram publicados em artigos científicos, trabalhos de conclusão de curso e dissertações de mestrado, assim quantificadas:

 Além das publicações, foi realizado o I Seminário de Pesquisa na Educação Básica (Anos Iniciais): A Leitura na Prova Brasil (I SPEB), no qual foram divulgados os resultados das pesquisas. Esse Seminário contou com a participação direta de 120 professores da Educação Básica, além dos pesquisadores envolvidos.

No ano de 2013, as ações de formações continuada estão concentradas na área de Matemática, e cada municípios receberão, entre 2013 e 2014, 80 horas de formação. Na área de Língua Portuguesa, os estudos estão voltados para a leitura na Literatura Infantil.

De todo o processo investigativo e formativo já realizado até agora, os resultados já podem ser quantificados, mesmo que timidamente em alguns casos. Conforme os dados do MEC em relação à última avaliação da Prova Brasil, em 2011, já ficou perceptível alguns avanços, conforme o quadro comparativo em relação ao ano 2009 (que motivou a pesquisa):

Municípios

IDEB 2009

IDEB 2011

Braganei

4.8

4.9

Diamante D’Oeste

4.7

5.9

Diamante do Sul

3.7

4.2

Ibema

4.4

5.0

Lindoeste

4.8

5.1

Ouro Verde do Oeste

4.6

5.6

São José  das Palmeiras

4.9

4.7

Fonte:  http://ideb.inep.gov.br/

  

           Esses dados e outros podem ser conferidos em alguns artigos já publicados ou no prelo.
 

O Link do Observatório da Educação é:  %20var%20addy94272%20=%20'cascavel.mestradoletras'%20+%20'@';%20addy94272%20=%20addy94272%20+%20'unioeste'%20+%20'.'%20+%20'br';%20document.write(%20'%3Ca%20'%20+%20path%20+%20'/''%20+%20prefix%20+%20':'%20+%20addy94272%20+%20'/'%3E'%20);%20document.write(%20addy94272%20);%20document.write(%20'%3C//a%3E'%20);%20//--%3E/n%20%3C/script%3E%3Cscript%20language='JavaScript'%20type='text/javascript'%3E%20%3C!--%20document.write(%20'%3Cspan%20style=/'display:%20none;/'%3E'%20);%20//--%3E%20%3C/script%3EEste%20endere%C3%A7o%20de%20e-mail%20est%C3%A1%20sendo%20protegido%20de%20spam,%20voc%C3%AA%20precisa%20de%20Javascript%20habilitado%20para%20v%C3%AA-lo%20%3Cscript%20language='JavaScript'%20type='text/javascript'%3E%20%3C!--%20document.write(%20'%3C/'%20);%20document.write(%20'span%3E'%20);%20//--%3E%20%3C/script%3E/redir.aspx?C=4duDZMSf-0OHRs9LfNzAgoWyQ6SRc9AIThl8Uf69jK_3J-fA4p-kkikv4da1SsbwQpXDMfF3PVc.&URL=http%3a%2f%2fwww.obeduc.webnode.com%2f" target="_blank" style="color:rgb(116, 0, 0)">www.obeduc.webnode.com